Cinema

Obrigado, George A. Romero!

postado por leaugusto13
Há uma semana, aquele  que deu vida aos mortos no cinema nos deixou. Não estou aqui para falar sobre sua carreira ou seus filmes, mas sim para agradecer, infelizmente não tive o prazer de conhecê-lo pessoalmente, mas o considerava um avô que nunca tive, um a pessoa cuja obra está presente em minha vida desde a infância, afinal, A Noite dos Mortos Vivos é o primeiro filme de horror que tenho lembrança de ter visto, foi apenas um pequeno trecho, mas foi o suficiente para me deixar apavorado por muito tempo, e também responsável por plantar em mim a curiosidade por filmes do gênero, que desde então não deixei mais de ter.
Romero era um sonhador, do tipo que se divertia fazendo seus filmes, independente de criticas ou aceitação do público em geral, basta ver alguma de suas entrevistas as risadas que ele dava, a alegria de ver suas idéias transformadas em realidade através do cinema. Imagino a honra que aqueles que tiveram a oportunidade de trabalhar com ele sentiram.
Romero antes de mais nada era um profissional dedicado, que fazia apenas aquilo que acreditava, prova disso foi sua recusa para dirigir alguns episódios da série The Walking Dead, que está há anos entre as mais assistidas, alegando que não queria fazer parte daquilo pois considerava apenas a novela com ocasionais zumbis, e nos seus filmes ele os usava como uma sátira ou critica política e que era isso que estava faltando.
Nos últimos anos, ele vinha lutando contra um câncer, adquirido após anos e anos do uso de cigarros, batalha perdida. Engraçado que apesar do tempo em que ele vinha levando entre uma produção e outra, Romero nunca esteve esquecido, e entre seus fãs sempre havia a esperança do mestre nos presentear com mais um filme, infelizmente isso não será mais possível, porém, para sempre ele estará marcado na história do cinema e no coração de seus fãs, que dariam tudo para ser um zumbi em um de seus filmes, mesmo ganhando apenas um boné e um dólar (sim, foi esse o pagamento para os figurantes zumbis no filme Dia dos Mortos, 1985)  e por mim sempre será lembrado como o diretor mais legal que o cinema já conheceu.
Muito obrigado por tudo que você fez!
                                Leandro Augusto

 

Sobre o autor

leaugusto13

Cinéfilo, fã de filmes de zumbis e de música.

Ei! Deixe seu comentário